16 de jul de 2013

Confraternização do Terceirão - CEJA de São Joaquim/SC

Os alunos do terceirão do CEJA de São Joaquim/SC realizaram um coquetel no dia 11/07 para comemorarem a conclusão do ensino médio. Os alunos também organizaram uma homenagem aos professores. Clique aqui para ver mais!




Mensagem aos alunos

Enfim, chegamos à linha final. Com neurônios queimados e cansaço além do normal. Vamos embora com a nossa mochila vazia de livros e cadernos, mas cheia de histórias pra contar. Passaram-se três anos. Todo mundo mudou, as pessoas nas fotos do primeiro ano quase não são mais reconhecidas, saímos com a certeza de estarmos diferentes. O primeiro, o segundo e o terceiro ano se passaram. E agora, o que será de nós? Sabemos que além daquele portão um mundo inteiro espera e exige de nós o sucesso digno de um ex-aluno Dá um certo medo ao lembrar de todas as responsabilidades que caírão sobre nossos ombros, dá vontade de voltar no tempo, começar tudo de novo, não pra fazer diferente - talvez, sim, pra estudar um pouco mais - mas pra prolongar e quem sabe tornar eterno o momento que foi o melhor das nossas vidas. Tentamos não ver, disfarçamos a dor que sentiríamos enquanto pudemos, mas o fim chegou. É impossível não sentir medo do futuro e de não conseguir que todos os nossos sonhos sejam realizados, mas nós carregamos a vantagem de termos aprendido com os melhores. Mais do que resolver equações impossíveis e elaborar trabalhos polêmicas, aprendemos a construir um futuro. Aprendemos com quantos livros se perde um feriado e com quantos alunos se forma uma família. Aprendemos a lidar com as diferenças, à sobreviver às notas baixas, à entender que nem sempre se ganha. Aprendemos a dividir um história linda, a sermos protagonistas da nossa e à fazermos participações especiais nas histórias vizinhas. Tantas e tantas vezes gritamos que não aguentávamos mais, mas tenho certeza de que sentiremos falta quando amanhã dermos conta de que aquele diploma um dia tão pesado em nosso bolso, tornou-se apenas uma parte enorme de nós a ser guardada em algum lugar da nossa memória. Sentiremos falta do calor insuportável, das aulas intermináveis, dos rostos conhecidos e da sensação de estar em casa, rodeado de gente com o mesmo sangue. Sem dúvida fomos isso: Família. Alguns irmãos e outros primos distantes, mas ainda assim família lutando junto pelo mesmo ideal. Eu descobri, em um minuto de silêncio quase eterno, que na nossa família quando um vai, leva consigo uma parte enorme do resto. Eu percebi que o individualismo do mundo lá de fora não era capaz de ultrapassar os muros daqui e nós fomos encontrando um jeito de dar força um ao outro e de continuar sempre Assim vamos longe, pois já avisaram por aí que a união é quem faz força. O mundo lá fora bem sabe que sempre acaba levantando pra aplaudí-la. Sejamos assim então: brilhemos com as três estrelas que com muito suor conseguimos e acrescentemos mais quantas forem possíveis. O mundo há de levantar pra nós.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário...

 

Pedagógico





Links Úteis


Coordenação